logo

O Segredo da Fonte da Juventude

  • Home
  • /
  • Catálogo
  • /
  • O Segredo da Fonte da Juventude
pdf Veja por dentro
  • Autor
  • Coleção
  • ISBN 9789896688738
  • PVP 13.29 € (IVA incluído)
  • preço fixo até
  • 1ª Edição fevereiro de 2020
  • Edição atual 1
  • Páginas 128
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150x230x8,5 mm

Mais de 2 milhões de livros vendidos

Os Cinco Ritos Tibetanos que Trazem Bem-Estar e Longevidade

«É fácil. É rápido. E funciona! Adoro este método.» John Gray, autor bestseller internacional

Reza a lenda que nas montanhas dos Himalaias reside o segredo antigo da eterna juventude e do rejuvenescimento: os Cinco Ritos Tibetanos. Peter Kelder revela-nos este segredo através do Coronel Bradford, a personagem principal deste livro — um oficial reformado do exército britânico que teve conhecimento destes ritos enquanto viajava pela Índia.

Baseados num ritual mágico praticado há milénios nos mosteiros do Tibete, os Cinco Ritos Tibetanos consistem num conjunto de exercícios físicos cuja principal função é reestabelecer o equilíbrio dos sete chakras, e que quando praticados diariamente revertem os efeitos negativos do envelhecimento, promovendo a saúde e o bem-estar.

Alguns dos seus benefícios incluem:

• maior agilidade, força e energia;

• perda de peso;

• melhoria da visão;

• alívio da dor, entre tantos outros.

«Deixe que este livro seja o seu treinador. Não o use para evitar a morte. Use-o para descobrir uma maior alegria de viver. E então será agradavelmente surpreendido pelo tempo que terá de vida.» — Dr. Bernie S. Siegel, in prefácio

Um clássico com mais de 2 milhões de livros vendidos, publicado com sucesso um pouco por todo o mundo e que em Portugal estava fora do mercado há muitos anos.

 

Peter Kelder foi criado por pais adotivos nos Estados Unidos e, ainda adolescente, saiu de casa para embarcar em aventuras.

Tornou-se um homem instruído e fluente em muitas línguas, e foi, toda a sua vida, um apaixonado pelos livros. Kelder afirmava que o Coronel Bradford — o pseudónimo da personagem principal deste livro — era um indivíduo real, que tinha de facto ido ao Tibete, e que o conhecera pessoalmente na década de 1930, no sul da Califórnia, onde o livro foi escrito.

No entanto, Kelder era um homem extremamente reservado que recusava revelar ao público mais do que estes breves detalhes. Sentia que o livro falava por si mesmo e que as questões respeitantes ao seu autor e ao Coronel Bradford iriam apenas servir de distração para o valor da sua mensagem simples e direta.